Skip to main content

Muy e mucho: Confira quando utilizar cada um e não erre mais

É bastante comum que os estudantes de espanhol façam confusão com o uso de muy e mucho. Afinal, as duas palavras realmente têm o mesmo significado: “muito”. No entanto, elas não podem ser escolhidas aleatoriamente, devendo ser usadas em situações diferentes.

Dessa forma, para expressar a noção de qualidade, quantidade e intensidade em espanhol será preciso atentar para as regras que traremos neste artigo. Em princípio essas normas até podem parecer complicadas de entender, mas uma leitura atenta e um pouco de treino, devem ser suficientes para você conseguir usar essas palavras da forma correta. Não perca!

Afinal, qual a diferença entre muy e mucho?

Vale ressaltar que a tradução de muy e mucho é a mesma: muito. Mas, elas devem ser empregadas nas frases de acordo com as palavras que as acompanham. Isso significa que a escolha depende do que vem antes ou depois: que pode ser um substantivo, advérbio, adjetivo ou verbo.

Entender essas regras será essencial para que o estudante da língua espanhola consiga se comunicar da forma correta e mais natural, como se fosse um verdadeiro nativo do idioma.

Quando utilizar o muy?

Então, enfim, vamos explicar quando utilizar a palavra muy. Ela deve ser a escolha se estiver relacionada com uma característica, ou seja, um adjetivo. Nesse sentido, temos os seguintes exemplos para ficar mais fácil:

  • Muy bien (muito bem)
  • Muy mal (muito mal)
  • Muy bueno (muito bom)
  • Muy malo (muito ruim)
  • Muy guapa (muito bonita)
  • Muy temprano (muito cedo)

Agora, perceba algo muito importante: o muy sempre vai vir antes do adjetivo ou advérbio. Dessa maneira nunca aparecerá no fim de uma frase. Para ficar mais claro, confira as seguintes frases:

  • La chica es muy hermosa (a moça é muito bonita)
  • Ella es muy buena em español (ela é muito boa em espanhol)

Quando utilizar o mucho?

O mucho está relacionado com abundância ou quantidade. Assim essa palavra deve concordar em gênero e número com o substantivo que a acompanha na frase. Por isso temos variações como mucho, mucha, muchos e muchas. Para ficar mais fácil de entender, confira os exemplos:

Comí muchas empanadas (comi muitas empanadas)

Mi gustaría mucho viajar (gosto muito de viajar)

Me gustas mucho (eu gosto muito de você)

Perceba que no caso de mucho, ele pode aparecer na frase antes do substantivo, depois de um verbo ou ainda no fim da frase.

Outro ponto bastante importante é que o mucho também pode vir acompanhado de algumas palavras-chave, como os adjetivos a seguir:

  • Más (mais)
  • Menos (menos)
  • Peor (pior)
  • Mejor (melhor)
  • Mayor (maior)
  • Menor (menor)

Então não devemos usar muy más, por exemplo, mas sim mucho más.

Aqui mostramos que muy e mucho apesar do mesmo significado devem ser utilizados em ocasiões diferentes nas frases. Então vai depender do que vem antes ou depois: um verbo, substantivo ou adjetivo, por exemplo. Nesse sentido a melhor maneira de gravar as regras é praticando e claro, contar com o auxilio de um curso referenciado de espanhol para falar como um nativo.

 

Depois de saber a importância do uso correto de muy e mucho conheça a One Way Línguas e seu curso de espanhol.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *